Duas em Uma: Casa no Interior da Inglaterra.

005a---DC3312

Não tem como não se encantar por esta charmosa casa no interior da Inglaterra. Na verdade, duas construções foram unidas para se ter este resultado.

Screen Shot 2015-07-29 at 10.20.25

Os proprietários são um casal de engenheiros aposentados, que contaram com a ajuda de familiares e amigos para ver a reforma acontecer. A estrutura de madeira precisou ser restaurada, pois apresentava riscos em função da humidade, além da necessidade de novo encanamento, reboco, aquecimento, etc.

As construções são de 1550 e, quando compradas, estavam fechadas há cinco anos, o que provocou danos aos imóveis e exigiu grandes restaurações. Antes mesmo da compra concretizada o casal já sabia que teria muito trabalho pela frente e começou a grande reforma.

Agora imaginem as necessidades elétricas e de encanamento que uma casa de 1550 precisa para se tornar habitável no dias de hoje? O segundo andar não possuía encanamento para água, nem tomadas e aquecimento central. Felizmente, o cunhado da proprietária, que é encanador e eletricista, socorreu a família, cobrando muito pouco.

023---DC3312

Deixando questões de encanamento e eletricidade para o especialista da família. O casal continuou com o trabalho estrutural da reforma.

011---DC3312

O louceiro expõe a coleção de porcelanas chinesas da família. Imagina que maravilhoso chá das cinco!

A casa preserva detalhes da vida anterior dos imóveis. Entre eles, duas escadas para o segundo andar e dois conjuntos de portas da frente e de fundos. São um lembrete sempre presente que não puderam ser removidos.

016---DC3312

013---DC3312 pl-dunmow-kitchen

A justaposição ocasional de estilos e épocas que predomina nos ambientes, com alguns achados e antiguidades contrastando com objetos do cotidiano, ocorreu em função da necessidade financeira da família durante o período. O mais interessante é que a composição funciona muito bem, e o resultado é uma casa com personalidade e aconchegante.

030---DC3312

Ao longo dos anos, a família aprendeu a consertar e renovar em vez de substituir as coisas.

A proprietária está sempre à procura de uma pechincha e geralmente encontra um lugar para os móveis que as outras pessoas já não querem mais. Um bom exemplo disto são as prateleiras da despensa e da cozinha, que foram resgatadas de um hospital local, juntamente com o piso de parquet do escritório. O roupeiro embutido do quarto principal foi feito com portas da biblioteca de um vizinho.

PL-dunmow-bedroom2

A dica do casal para quem está pensando em se arriscar com uma construção antiga como esta é: “Pense duas vezes, pois é trabalho duro. Você compra uma casa antiga, reforma-a toda e nunca mais terá unhas bonitas novamente”

Sim, de fato, o trabalho é constante e a pessoa tem que realmente gostar de se envolver em um projeto desses, mas a satisfação deve ser muito grande.

Quer ler mais? A matéria está no Period Living.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s