p1010799

Roteiro de 4 dias em Londres – Dia 4 – Conhecendo Oxford

O quarto dia em Londres foi visitando a cidade de Oxford. Pegamos um trem para irmos até lá e passamos o dia caminhando pelas ruas e visitando alguns campus da universidade de Oxford.

Pelo que percebi, a cidade toda gira em torno da Universidade, pois seus prédios estão espalhados por toda a parte. Todo o conjunto faz de Oxford uma cidade histórica e linda de se conhecer.

Acho que valeu o passeio, mas confesso que fiquei um pouco frustrada com a organização para os turistas. Ao chegarmos lá, procuramos por um centro de informações turísticas. Fomos caminhando e cuidando se encontrávamos algo, até chegarmos em uma área mais central. Havia uma placa indicando o Museu de Oxford, então a seguimos. Quando encontramos o lugar, fomos informados de que ele estava fechado. A moça que nos deu a informação trabalhava no museu e nos vendeu um mapa da cidade,  com um roteirinho para passarmos o dia.

Lá fomos nós seguir o roteiro…

Primeira parada: Alice’s Shop. Na verdade ela não estava no roteiro, mas passamos em frente a ela no caminho e resolvemos conhecer. Aparentemente o livro Alice no País das Maravilhas foi inspirado em uma menina chamada Alice, que morava em Oxford e adorava comprar doces em uma lojinha que lá havia. O prédio está lá até hoje e a loja ainda vende os doces preferidos da Alice, com muitas outras coisas com temática do livro também, é claro. Esta é a Alice’s Shop.

Segunda parada: Um passeio pelo parque. Ok, esta parte foi, na verdade, bastante desnecessária, mas o lugar era bem bonito e estava no roteiro, então…

Terceira parada: Universidade de Oxford. O que eu achei que seria a parte mais interessante foi também a mais estressante. Em primeiro lugar porque fomos informados sobre um campus que tinha uma torre altíssima com vista para toda a cidade. Lá fomos nós atrás do lugar. Encontramos, pagamos para entrar e andamos pelos lugares onde era permitida a entrada de turista. O problema é que isto se restringia ao pátio central do lugar, banheiros e alguns corredores. Fiquei chateada porque nos cobraram para vermos isso. Não havia nenhuma biblioteca nem nada. Voltamos na entrada e perguntamos sobre a torre e adivinha? Estava fechada!

Saímos de lá e seguimos conhecendo outros campus, agora de graça e com as mesmas atrações daquele que pagamos para entrar.

Um dos prédios oferecia visita guiada até uma biblioteca antiguíssima e linda da Universidade, porém não era permitido fotografar o lugar. A única parte da visitação em que se podia fazer imagens era no salão em que foi filmada uma cena de um dos filmes do Harry Potter. A cena da enfermaria, do primeiro filme da série. Claro que este passeio também foi cobrado, e sem desconto para estudante.

Os demais prédios da Universidade estavam com placas de visitação proibida na entrada.

Encontramos ainda o Museu da História da Ciência. Pensei que ia ser chato visitá-lo, mas acabou sendo muito legal. Com um guia explicando alguns objetos antigos como bússulas e astrolabios. O museu conta ainda com uma lousa em que estão guardadas anotações feitas por Albert Einstein.

Visitamos ainda a loja da Cath Kidston, mas esta vai ficar para um outro post…

A minha conclusão sobre a cidade de Oxford é que vale a pena visitá-la, mas não dá para se empolgar entrando em cada lugar que cobra ingresso. A questão da torre estar fechada não foi informada no momento em que pagamos, o que achei sacanagem. Além disso, a maior parte dos prédios da universidade são fechados para visitação, então é bom já chegar lá sabendo disto. Por fim, a cidade vale pelo passeio nas ruas, pois é muito bonita realmente.

Adiantando o assunto, o quinto e último dia em Londres foi fazendo compras no centro e pegando o avião para a próxima cidade, Amsterdam.

Veja o terceiro dia de passeio aqui.

Um pensamento sobre “Roteiro de 4 dias em Londres – Dia 4 – Conhecendo Oxford

  1. Estive em Oxford e achei tudo uma falta de organização também. Já que não pude entrar em nenhum campus, aproveitei para ir na Alice’s Shop, tirar fotos (tipo desse cemitério bizarro no centro), ir nas lojas e no centro da cidade, cheia de gente bonita (bophes premium) e jovem.

    Beijão!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s